Sofrimento explícito daquela que tinha um vozeirão

É complicado escrever algo sobre ela.
Mas, como eu li no blog Mulher 7×7 das moças da revista Época, me faz pensar em algo: Amy Whinehouse é aquela menina frágil e que tudo era demais. Era aquela que chorava no chão da cozinha porque tomou um fora. Como eu e como você fizemos ou poderíamos fazer um dia.

Bem, eu sei que todos têm a mania de “endeusar” aqueles que morrem. Que Amy fazia besteiras, ok, todo mundo sabe. O problema é que ela não queria ser ajudada e as pessoas se deliciavam em ver ela se acabando, chamando-a de louca, bêbada e afins. E pra mim, isso é o pior, se alegrar com o sofrimento alheio. Era nítido olhar pra ela e ver o sofrimento e as dores que ela passava. Ela não era santa. Pra mim, era alguém que extravasava porque sofria. Demais.

Fotos dela digamos, ainda bem

E as minhas músicas preferidas:

E confira todas as músicas dela, clicando aqui

E a música que fizeram pra ela (@_M_I_A_) aqui:

http://soundcloud.com/m_i_a-1/27-1

Anúncios
Esse post foi publicado em Coisas de moça, Música e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Sofrimento explícito daquela que tinha um vozeirão

  1. Lailet disse:

    Ela realmente tinha uma voz incrível! Ela trouxe o Soul de volta dos anos 70, e o estilo pin-up adaptado na moda de 1940!

    De uma passada no meu blog e comente também, vamos nos seguindo
    http://lailet.wordpress.com/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s